Preocupada com a dengue e também com a saúde ambiental do município, a Prefeitura de Fartura, juntamente com os setores de Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica e Coordenadoria do Meio Ambiente, disponibilizou um galpão para armazenar os pneus inservíveis provenientes de borracharias, bicicletarias, oficinas mecânicas e munícipes a fim de solucionar a problemática que são os pneus em Fartura e também em todo Brasil.
Além de ser um transtorno para o meio ambiente causando poluição visual, enchendo as valas e contaminando o solo esses pneus abandonados tornam-se criadouros do mosquito da dengue quando deixados ou jogados em um lugar qualquer.
 A Prefeitura através da Coordenadoria de Meio Ambiente está em negociação com a empresa Reciclanip com sede na cidade de São Paulo que ficará responsável pelo recolhimento e destinação ambientalmente correta desses pneus. 
 Também preocupado com os vários casos de dengue e com o meio ambiente o vereador João Carlos Rizzo apresentou a indicação nº 108/2015 para a limpeza de um terreno situado no Bairro Barra Grande onde se encontravam vários pneus descartados indevidamente, ao qual foi atendido prontamente pela equipe da Coordenadoria Meio Ambiente.
 “No Brasil, uma das formas mais comuns de reaproveitamento dos inservíveis é como combustível alternativo para as indústrias de cimento. Outros usos são na fabricação de solados de sapatos, borrachas de vedação, dutos pluviais, pisos para quadras poliesportivas, pisos industriais e tapetes para automóveis. Além da utilização como componentes para a fabricação de manta asfáltica e asfalto-borracha, processo que tem sido acompanhado e aprovado pela indústria de pneumáticos”, ressaltou a Coordenadora do Meio Ambiente Marina Andrade.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3382-1792.