Na manhã de sexta-feira, 28 de dezembro, o prefeito de Fartura, Tinho Bortotti concedeu uma entrevista aos jornalistas Henrique Outeiro e Fernando Saraiva na Rádio Nova Voz FM. Na ocasião o chefe do Executivo fez um balanço de seu mandato neste ano de 2018 e também dos outros cinco anos que ficou à frente da Prefeitura.
“Nosso foco frente a administração sempre foi viver numa comunidade melhor e mostrar com transparência o que é feito com o dinheiro público”, explicou Tinho.
Como é período de final de ano, com festividades como de Natal e de ano novo, o prefeito elogiou os enfeites colocados pelas ruas da cidade, em especial na praça da igreja matriz. “Foi um belíssimo trabalho idealizado pela Patrícia Garcia, ainda mais sendo usados materiais descartáveis”, disse.
SAÚDE - Na área da Saúde o prefeito destacou que foi onde teve os maiores avanços, sendo construídas duas unidades programa Estratégia e Saúde da Família (ESF), reforma do ESF da Vila de Fátima e uma melhoria no abastecimento de medicamentos da farmácia municipal.
Foram adquiridos três vans, três ambulâncias, cinco carros e um ônibus. 
Ele diz que reclamações ainda existem, pois é impossível agradar 100% da população, mas que espera acabar com filas de madrugada no posto de saúde, que também quer reformar o posto central e elogia a parceria com a Santa casa. 
DUODÉCIMO - O prefeito lembrou que recebeu sobras do duodécimo da Câmara de quase R$ 350 mil e que teve como sugestão do presidente Doriveti, investir em uma UTI móvel e em mais mutirões de cirurgias. Ele frisou que esses são sonhos dele e que pretende sim fazer, mas tem outras prioridades, como terminar o lajotamento do bairro Jardim da Serra.
CDHU - Sobre as inscrições e posteriormente sorteio das casas populares da CDHU, ele não sabe detalhar, mas espera que as unidades sejam concluídas até maio de 2019.
EDUCAÇÃO - Lembrou que em seu mandato já foram adquiridos três ônibus com recursos municipais da educação, três com verbas estaduais, uma van e uma Dublo para auxiliar no transporte de alunos. Também foram reformadas as escolas municipais Miguel de Góes e João Batista de Oliveira, além de três creches, além de concluir a construção da creche do Bela Vista. 
Ele elogiou a atuação dos profissionais de Educação, que através deles Fartura tem atingindo os maiores índices educacionais do Brasil. 
Citou a importante presença das faculdades à distância Uninove e Univesp, assim como cursos da Etec.
AGRICULTURA - Foram compradas duas motoniveladoras, uma carregadeira, uma retroescavadeira, um caminhão basculante, um caminhão prensa, três caminhões para reciclagem, dois carros e dois tratores. 
Em sua gestão os pequenos e médios produtores tiveram total respaldo da municipalidade, com colocação de calcários, serviços de tratores, plantadeiras e inseminação, entre outros.
ESTRADAS RURAIS - O prefeito disse que caminha para ter uma cidade com estradas rurais boas em 100% do município, que falta pouco, mas até o fim de seu mandato isso será possível.
DÍVIDA - Tinho diz que hoje a Prefeitura tem uma dívida de R$ 1.794.884,48, mas nisso está englobado todos os empenhos, INSS dos servidores e até um recape da Vila de Fátima que será pago pelo Governo do estado e que em conta possui R$ 4.392.000,00, tendo um superávit de mais de R$ 1,5 milhão.
CORETO - Ele destacou que um de seus maiores sonhos é reformar o coreto que há anos está fechado, após ter problemas em sua obra. “Os responsáveis foram intimados, mas como o dono da firma morreu o processo é mais demorado, mas em breve teremos boas notícias e vamos poder arrumar aquele ponto tão estimado pelos farturenses”, explicou.
AGRADECIMENTO - Por fim o prefeito agradeceu a todos os moradores pelo apoio e por entenderem que nem sempre as coisas caminham do jeito que queremos, mas que aos poucos a cidade vai evoluindo. Ele também agradeceu aos vereadores, em nome do presidente da Câmara, Doriveti, pois frisou que sem eles seria impossível chegar num patamar como está hoje o município.