No decorrer desta semana as creches municipais Irene Lança Ribeiro, Madre Gaetana Sterni (Creche São Caetano) e Idália Gabriel de Paula (Creche Vila Romano) foram contempladas com materiais pedagógicos e brinquedos educativos. 
Mediante recurso do programa federal Brasil Carinhoso, cerca de R$ 40 mil foram disponibilizados para os três centros educacionais. “O principal objetivo da compra desses materiais é dar suporte para o professor que trabalha com as crianças de 0 a 3 anos, são brinquedos pedagógicos que auxiliam no desenvolvimento das capacidades motoras, emocionais, intelectuais e sociais”, ressaltou a supervisora da Educação Maria Isabel Calabresi.
“Os brinquedos são responsáveis por tornar a brincadeira mais rica, proveitosa e prazerosa, funcionam como uma ponte entre aquilo que é desconhecido para o que é conhecido. Estamos subsidiando as creches e escolas para que cada dia mais elas possam dar mais qualidade ao ensino e aprendizagem de nossas crianças”, complementou a coordenadora da Educação Jovana Leite.
BRASIL CARINHOSO - A Ação Brasil Carinhoso foi concebida numa perspectiva de atenção integral que também articula reforço de políticas ligadas à saúde e à educação. Por isso, além do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), a ação envolve o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação (MEC). Estados e municípios têm papel importante na implementação do Brasil Carinhoso. 
Voltado para a primeira infância, o Programa Brasil Carinhoso tem o seu desenvolvimento integrado em várias vertentes. O apoio financeiro é direcionado aos municípios que informaram no Censo Escolar do ano anterior a quantidade de matrículas de crianças de zero a 48 meses, membros de famílias beneficiárias do programa Bolsa Família em creches públicas ou em instituições comunitárias, confessionais ou filantrópicas sem fins lucrativos conveniadas com o poder público.
O Programa consiste na transferência automática de recursos financeiros, sem necessidade de convênio ou outro instrumento, para custear despesas com manutenção e desenvolvimento da educação infantil, contribuir com as ações de cuidado integral, segurança alimentar e nutricional, garantir o acesso e a permanência da criança na educação infantil. 
O recurso transferido aos municípios é realizado em parcela única. O montante é calculado com base em 50% do valor anual mínimo por matrícula em creche pública ou conveniada, em período integral e parcial, definido para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).